Posts Tagged ‘Partido Republicano Português’

Bandeira e hino nacional

Abril 2, 2020

Bandeira nacional

“No começo de 1911 o conservadorismo português exigia que se guardasse a bandeira azul e branca na Monarquia (sem a coroa), em vez de a substituir pela bandeira encarnada e verde do Partido Republicano Português; que o hino nacional fosse a “Maria da Fonte” e não a “Portuguesa”.

Vasco Pulido Valente  –  Portugal – Ensaios da História de Portugal

 

Na verdade a bandeira verde e encarnada começou por aparecer nos comícios republicanos que se realizavam em Lisboa e no Porto antes da queda da Monarquia. Comícios que eram garantidos com a presença da Guarda Municipal, conforme determinavam as leis da democracia no reinado de Dom Carlos I, onde compareciam, em grande número,  elementos com tendências revolucionárias, republicanos, socialistas, anarquistas, iberistas, etc..

Mas essas bandeiras com as cores verde e encarnada eram inicialmente empunhadas por elementos de um movimento ibérico que defendia uma federação de repúblicas unidas na Península Ibérica com a fusão de Portugal e Espanha num único país. Esse movimento com os ideais ibéricos, republicanos, socialistas e maçónicos preconizava um país constituído por sete regiões federadas, sendo cinco de Espanha e duas de Portugal e aparecia identificado nos comícios com a tal bandeira bicolor, verde e encarnada, que mais tarde foi adoptada pelo Partido Republicano Português (PRP) e que a definiu como bandeira portuguesa após a implantação da República, acrescentando a esfera armilar e o escudo de Portugal.

O PRP também definiu a ”A Portuguesa” como hino nacional, não aceitando o “hino da Maria da Fonte” como era defendido pelos republicanos moderados.

Curiosamente os acordes do “hino da Maria da Fonte” continuou a ser tocado até hoje no inicio das touradas em Portugal e antes das cortesias. Ficou nas Praças de Toiros de Portugal essa reminiscência da Monarquia e todos os espectadores se levantam e se descobrem quando isso acontece e em sinal de respeito nacional. Ficou essa tradição. Uma bonita tradição.

Manuel Peralta Godinho e Cunha

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=jczpiOZKcbM